Artigos

Confira diversos artigos sobre saúde, musculação, etc. Fique por dentro das novidades

           Professor Júnior Facchina

 

Graduado pela Faculdade de Ed. Física de Volta Redonda - UNIFOA
Pós Graduado em Treinamento de força pela Universidade Gama Filho, RJ
Personal Trainer, habilitado pela Escola International School of Sports Nutrition and Human Performance - EUA.

DURAÇÃO DO TREINO

O tempo gasto durante a sessão de exercícios é um dos aspectos mais relevantes para se obter sucesso na musculação.
Antigamente, acreditava-se que as rotinas de treinos longos seriam mais eficientes para a hipertrofia muscular.
Atualmente, através da evolução da ciência do esporte, preconiza-se justamente o contrário: séries curtas e intensas.
Vários estudos indicam que durante o exercício de curta duração a concentração de testosterona (total e livre) aumenta e esse aumento é proporcional à intensidade relativa do exercício- quanto maior a intensidade, maior a liberação (Bacurau, 2005).
Num primeiro estágio a hipertrofia muscular ocorre principalmente sem a necessidade de estimulação gênica, mas pelo aumento do processo de tradução, no qual o GH e a insulina são os principais hormônios envolvidos. No estágio seguinte, a síntese protéica ocorre principalmente pela transcrição, ou seja, pela estimulação dos genes, processo mediado pela testosterona.

No caso das mulheres, o controle da duração dos treinos deve ser ainda mais rígida devido as diferenças hormonais em relação aos homens.
Segundo Colgan (1993), a produção endógena (interna) de testosterona nos homens é de aproximadamente 10 mg/dia e nas mulheres é de apenas 10% disso. Traduzindo: as mulheres apresentam uma produção insignificativa de testosterona.
Acredita-se, que uma resposta compensatória para essa baixa produção de testosterona pelas mulheres, seria uma maior liberação de GH e IGF-1 em repouso e valores equivalentes aos homens no pós-exercício.
Portanto, atenção a duração total de seus treinos. Para as mulheres, 40 a 50 minutos no máximo e os homens algo em torno de 60 minutos bastam para se atingir resultados satisfatórios. Além disso, economizamos tempo. Algo raro e valioso na vida moderna.

Bons treinos ( curtos e intensos) a todos e que Deus os abençoem.

 


Referências:

    Bacurau, Reury Frank. Hipertrofia e Hiperplasia:Fisiologia,Nutrição e Treinamento. Phorte Editora,2005.
        Santos, Azenildo Moura. O Mundo Anabólico. Ed Manole, 2003.

Contatos: 24 9904.8804 | juniorfacchina@hotmail.com

© 2013 by JUNIOR FACCHINA. All rights reserved