Artigos

Confira diversos artigos sobre saúde, musculação, etc. Fique por dentro das novidades

           Marcelo Klein

 

Graduado em Educação Física – EEFVR - UNIFOA
Especialista em Treinamento Desportivo – UNIFOA
Especialista em Bases Científicas da Preparação Física e Musculação – UGF
Especialista em Prescrição de Exercícios para Populações Especiais – UGF
Aperfeiçoamento em Advanced Science of Trainig Instructor. University of Maryland - EUA
Mestre em Ciência da Motricidade Humana – UCB - RJ

CONTROLE DAS RESPOSTAS HEMODINÂMICAS NO EXERCÍCIO RESISTIDO

A prática de exercícios resistidos, com ênfase ao treinamento de força consiste em parte fundamental na prescrição de programas de exercícios (POLITO et al, 2004), visto que o aumento da força é um fator determinante para o desenvolvimento da aptidão física, das atividades atléticas e funcionais cotidianas (VIVEIROS et al, 2004), em todas as fases da vida (BARELLA et al, 2004), quer seja para pessoas sadias, quer para portadores de patologias variadas no sentido de prevenção e reabilitação destas (AMORIM et al, 2004).
            Deve-se observar que a prescrição de exercícios deve estar pautada num efetivo controle de algumas variáveis, tais como a freqüência cardíaca (FC), pressão arterial (PA) e o duplo produto (DP), visto que estas possuem relação direta com níveis adequados de saúde (FLECK, 2002), minimizando os riscos iminentes à prática da atividade física em pessoas com potencial para o desenvolvimento da doença arterial coronariana (REBELO et al, 2001), pois o exercício promove mudanças nos mecanismos que regulam e determinam a PA (WERNECK, 2004). Este aumento pode ser de até 5x a taxa de repouso no exercício máximo. O Duplo Produto se define como o produto da multiplicação da FC pela Pressão Arterial Sistólica (PAS), sendo esta, uma correlação direta com o Consumo de Oxigênio pelo Miocárdio, um indicativo do trabalho do coração, bem como valores elevados deste no pico de esforço representa boa função ventricular e ausência de isquemia, enquanto valores baixos podem representar o contrário.  Este fator pode e deve ser controlado desde as faixas etárias menores, visando também à elaboração de programas de exercícios adequados para os jovens que iniciam ou participam de treinamento desportivo visando desempenho. Uma forma de se estimar o DP é através da equação: DP previsto= 36400 – 0,58 x idade, Segundo estudos de McArdle (1998, p.267) o DP pode variar de 6.000 em repouso (FC = 50 e PAS 120 mm Hg) a 40.000 (FC = 200 e PAS 200 mm Hg). Os exercícios com os braços podem aumentar esses valores quando comparados com os executados apenas com as pernas.
            A escolha do exercício, bem como também a determinação exata de sua intensidade, são de suma importância para a conquista de bons resultados atléticos (ANAS, 2003). Obedecendo as diretrizes do American College Sports Medeicine (ACSM), devem-se prescrever exercícios multiarticulares de amplitude plena, pois os mesmos facilitam o desenvolvimento da força funcional, mesmo sabendo-se que os exercícios multiarticulares apresentam maior DP em relação aos uniarticulares (POLITO et al, 2004).
            Quanto ao envolvimento dos grupos musculares, parece correto afirmar que os exercícios que envolvem os grandes grupos musculares, por possuírem maior quantidade de vasos, oferecem menor resistência periférica, possibilitando menor elevação da PA (FORJAZ, 2000). Em pessoas portadoras de alguma coronariopatia podemos observar que, após a realização de exame ergométrico de esforço, determina-se em que DP o avaliado apresentou sintoma de dor e à partir daí prescrever a atividade seguindo como controle o DP abaixo do observado no teste de esforço.
            Sendo assim podemos deterrminar que, para a prescrição de exercícios de força, com intuito de melhora do estado de saúde, o treinamento deve estar pautado dentro de critérios rígidos de controle do esforço, se fazendo necessário o conhecimento destes importantes parâmetros (FC, PA e DP), principalmente se o indivíduo apresentar um ou mais fatores de risco de desenvolver alteração da Pressão Arterial (Hipertensão).

Contatos: 24 9904.8804 | juniorfacchina@hotmail.com

© 2013 by JUNIOR FACCHINA. All rights reserved